fonte: G1

O Hemorio virou um polo de vacinação contra o sarampo no estado do Rio. A ação começou no dia 13 de janeiro e vai até março.

A vacinação deve ser feita por todas as pessoas, de 6 meses a 59 anos, que não foram vacinadas ou que estão com o esquema vacinal incompleto.

A recomendação é que quem tiver dúvida se tomou a vacina ou não, faça a imunização. A transmissibilidade é altíssima e a vacina protege contra ela.

O sarampo já foi uma das principais causas da mortalidade infantil no Brasil. E graças à vacinação, foi controlada.

“A gente está vivendo um surto importante do sarampo. Parte significativa da população ainda não tem imunidade contra o sarampo porque não tem o esquema vacinal completo, principalmente quem nasceu antes de 2004. Então a gente imagina que milhões de pessoas aqui no estado do Rio ainda precisam ser vacinadas”, afirma o médico Alexandre Chieppe, da Secretaria Estadual de Saúde.

Quem deve tomar a vacina contra o sarampo?

Quem ainda não tomou as duas doses da vacina na infância e na adolescência;

Quem não tem certeza se já tomou as duas doses deve tomar uma dose extra.

Doença altamente contagiosa

O sarampo é uma doença altamente contagiosa que pode evoluir para complicações e levar à morte;

Os principais sintomas são febre, manchas avermelhadas na pele do rosto e tosse persistente;

A prevenção da doença é feita por meio da vacinação, e os especialistas reforçam que não há relação entre a vacina e o autismo.

Categorias: Notícias