O X Encontro de Cuidados Paliativos em Pediatria foi realizado nos dias 22 e 23 de novembro, no auditório da Alta Diagnósticos, em Botafogo (RJ). Cerca de 80 participantes, entre estudantes e profissionais de saúde, estiveram reunidos em busca de troca de conhecimentos e experiências na área. A iniciativa é da Curumim Associação de Combate ao Câncer Infantil, e o evento contou com a parceria da Servier Brasil, do Instituto Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais.

Com o tema “Cuidados Paliativos Pediátricos: Especificidades e Peculiaridade de um Campo tão Singular”, o evento trouxe palestrantes renomados de várias regiões do país e, inclusive, do exterior.

A programação do dia 22, sexta-feira, foi iniciada com o curso pré-encontro: “Oficina de aspectos e desafios bioéticos em cuidados paliativos pediátricos”, que foi coordenado por Luciana Dadalto (MG) e Carolina Affonseca (MG). Na parte da tarde, Cecília Rezende e Érika Pallotino , conduziram o Workshop “Encontros e Desencontros do Cuidado – O Luto dos que Cuidam”.

Na sequência,  às 17h, foi realizada a abertura oficial do Encontro com a participação de Renata Barros, chefe do setor de Oncohematologia Pediátrica do Hospital Federal dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro (HFSE), juntamente com Laurenice Pires, gerente da área de Oncologia Pediátrica do Instituto Desiderata, Debora Mattos, representando a Academia Nacional de Cuidados Paliativos (ANCP).

A conferência magna, que encerrou o primeiro dia do evento, foi realizada pela Dra. Lisbeth Quesada Tristán, que veio especialmente da Costa Rica. Ana Paula Santos e Veruska Menegatti também participaram da conferência.

Fechando a sexta-feira, Chico Faria e Lucia Amar realizaram uma apresentação com voz e violão, seguida de um coquetel de comemoração com direito à bolo e brinde entre os convidados.

Já no sábado, dia 23, quem abriu os trabalhos foi a Dra. Luciana Mardegan, da Servier Brasil, que falou sobre a relação da empresa com tratamento oncológico. Na sequência, a Dra. Lisbeth Quesada Tristán compartilhou vivências e conquistas dos cuidados paliativos pediátricos na Costa Rica, em debate que teve como moderadoras Simone Lehwess Mozzilli e Veruska Menegatti.

“E quando tudo dá errado 2” foi o tema do painel seguinte, coordenado pela Fátima Geovannini (RJ), com a apresentação e discussão de casos clínicos delicados por Ana Paula Santos (SP) e Cristina Wiggers (RJ)

Após o almoço, o painel coordenado por Sheila Tavares (RJ) abordou a questão do sofrimento do profissional de saúde e a importância do auto-cuidado, com palestras de Henrique Ribeiro (SP), que falou sobre “O sofrimento psíquico do profissional de saúde”, Débora Genesini (SP), que trouxe o tema “Encarando a fadiga por empatia e a síndrome de burnout”, e Gabriela Caselato (SP), que abordou “O luto não reconhecido do profissional de saúde”.

Bioética foi o tema seguinte, trazido por Cintia Cruz (SP) e Carolina Affonseca (MG). E para encerrar, Diego Toloi (SP) abordou a questão da espiritualidade, sob a moderação da Thais Araújo Nery Ramos (RJ).

Um vídeo com os melhores momentos dos encontros de pediatria garantiu ainda mais emoção ao fim do seminário.

A Curumim Associação de Combate ao Câncer Infantil agradece a participação de todos os congressistas, assim como a presença dos palestrantes, que disponibilizaram seus tempos para compartilhar seus conhecimentos no evento, e de nossos parceiros que possibilitaram a realização da 10ª edição do Encontro de Cuidados Paliativos em Pediatria.

CONFIRA AS FOTOS

 

 

 

 

 

Categorias: Notícias